Seleção e Admissão de alunos

E-mail Imprimir PDF

SEÇÃO III

DA SELEÇÃO E DA ADMISSÃO

Art. 13 A seleção de candidatos ao Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais levará em consideração o nível de conhecimento, a adequação do projeto de pesquisa do candidato às Linhas de Pesquisa do Programa e a capacidade de absorção de novos alunos, sendo realizada por Comissão de Seleção constituída por, no mínimo, três docentes do Programa, indicados pelo Coordenador e aprovados pelo Colegiado.

Art. 14 O processo de seleção obedecerá aos critérios estabelecidos pela Comissão, conforme disposto no Estatuto, no Regimento Geral e no Regimento dos Cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu da UFMA e aprovados pelo Colegiado do Programa.

§ 1º A Comissão de seleção utilizará como instrumentos mínimos de avaliação prova escrita de conhecimentos, projeto de pesquisa e prova de proficiência em língua estrangeira, todos eliminatórios.

§ 2º As notas mínimas e os pesos relativos a serem obtidos pelos candidatos em cada item de que trata o caput deste artigo, serão estabelecidos pelo Colegiado do Programa e explicitados em Edital.

Art. 15 O preenchimento das vagas será feito mediante o dos candidatos aprovados, por ordem de classificação.

§ 1º Quando o número de candidatos aprovados exceder o número de vagas fixadas, e havendo desistência, serão convocados outros candidatos aprovados, obedecida a ordem de classificação para admissão ao Curso, em número igual ao de desistências, desde que o ingresso ocorra antes do início da primeira disciplina.

§ 2º No caso de empate entre candidatos, será utilizado o critério da nota mais alta, em primeiro lugar, na prova escrita e, em segundo lugar, no projeto de pesquisa.

Art. 16 A critério do Colegiado do Programa, poderão ser admitidos como

alunos especiais os portadores de diplomas de curso superior de área de conhecimento igual ou afim aos objetivos do Programa, desde que se submetam a todas as exigências de estudo e avaliação das disciplinas cursadas e que se enquadrem no número de vagas fixadas para alunos especiais, estabelecido pelo Colegiado.

SEÇÃO IV

DA PROVA DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

Art. 17 Cada candidato deverá escolher uma língua estrangeira, dentre aquelas estabelecidas em Edital, para realizar a Prova de Proficiência em Língua Estrangeira, de que trata o Art. 14, § 1º.