Livros Publicados

E-mail Imprimir PDF

 

   

Título: As Ciências Sociais e os Espaços da Política no Brasil, organizado por: Igor Gastal Grill e Ernesto Seidl

A publicação filia-se diretamente ao movimento de renovação dos estudos sobre a Política no Brasil e é fruto de intensas discussões conduzidas por cientistas políticos, sociólogos e antropólogos alocados em diferentes laboratórios e grupos de pesquisa pelo país. Em especial, parte desse debate deu-se publicamente em duas Mesas-Redondas realizadas em reuniões da Associação Nacional de Pós-Graduação em Ciências Sociais (ANPOCS), em 2009 e 2010, e uma no Encontro da Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP), em 2012. Sinteticamente, são três os objetivos principais da coletânea: a) promover uma discussão circunstanciada das possibilidades de estudo da Política no Brasil, com destaque à superação de limites impostos por divisões disciplinares formais; b) fornecer instrumentos para elaboração de agendas de pesquisa e de soluções teórico-metodológicas pertinentes ao contexto nacional; c) valorizar uma forma de transmissão da prática científica em Ciências Sociais que priorize reflexões com base em procedimentos e em resultados frutos de pesquisas concretas.

   

Título: Repensando o sincretismo (EDUSP/ARCHÉ, 2013)

Autor: Sérgio Figueiredo Ferretti

 

Resumo: Livro que realiza revisão da bibliografia sobre sincretismo na literatura antropológica. Tendências teóricas em sua discussão relacionadas com identidade e etnicidade. Mistura, paralelismo e convergência configuram-se como principais sentidos atribuídos ao tema. Análise do sincretismo na Casa das Minas através dos rituais ali realizados. As conclusões contradizem o mito da pureza defendido por muitos, constatando a não existência de fronteiras entre sincretismo e tradição. Segunda edição de tese de doutorado defendida na USP e publicada originalmente em1995, inclui posfácio sintetizando discussões atuais do conceito.

   

Título: Terra, Trabalho e Poder: conflitos e lutas sociais no Maranhão contemporâneo (Editora Annablume, 2013).

Autor: Marcelo Sampaio Carneiro

 

Resumo: Estudo que reúne estudos sobre diferentes temas (ocupações de terra, migração, trabalho escravo), cuja característica comum é a tentativa de compreender a estruturação do espaço agrário maranhense a partir da análise da organização da economia regional e da mobilização de diferentes grupos sociais pelo acesso a terra e a condições dignas de sobrevivência.

 

     

Título: Os Herdeiros de Zeferino: perícia antropológica em processos de regularização de territórios quilombolas (EDUFMA, 2013).

Autores: Benedito Souza Filho e Maristela de Paula Andrade

 

Resumo: Livro que é o produto de pesquisa destinada a realizar a caracterização histórica e sociológica para fins de garantia de direitos territoriais da comunidade quilombola Santa Maria dos Pinheiro, no município de Itapecuru, e representa uma contribuição à consolidação dessa modalidade de trabalho acadêmico. Caracteriza-se como um trabalho de antropologia implicada que, mobilizando expertises e o rigor exigido pela disciplina, reafirma tanto o compromisso da antropologia quanto a responsabilidade social dos antropólogos.

     

Título: Estudos sobre os Awá: caçadores-coletores em transição (EDUFMA, 2013).

Organizadores: Elizabeth Beserra Coelho

 

Resumo: Os capítulos que compõem o livro são resultado de cinco anos de pesquisa desenvolvida por uma equipe de profissionais da arqueologia, da antropologia e da linguística, que se debruçaram sobre o povo Awá buscando compreender o processo de transformação vivenciado em decorrência da ação de sedentarização empreendida pela Fundação Nacional do Índio. O povo Awá habita a floresta tropical, no Brasil, no limite oriental da área amazônica, região que tem sofrido pressão de frentes pioneiras agrícolas, extrativistas e pecuaristas. Portanto, os Awá só utilizam cerca de 10% do seu território, pois apesar de oficialmente demarcado pelo governo brasileiro, é vitima de constantes invasões de madeireiros, posseiros e fazendeiros, cenário que sugere a extinção dos recursos da pequena área explorada pelos Awá, num futuro próximo.

   

Título: Todas as águas vão para o mar: poder, cultura e devoção nas religiões (EDUFMA, 2013).

Organizadores: Gamaliel Carreiro, Lyndon Santos, Sergio Ferretti e Thiago Santos.

 

Resumo: Coletânea de artigos oriundos de pesquisas apresentadas no XIII Simpósio Nacional da Associação Brasileira de História das Religiões (São Luís 2012) a obra é um apanhado de quatro tradições religiosas importantes na configuração religiosa do Brasil, a saber: Religiões Afro-brasileiras, Espiritismo, Catolicismo e Protestantismo que plasmam o imaginário cultural do país.

 

   

Título: Os Novos Capitães do Mato: conflitos e disputa territorial em Alcântara (EDUFMA, 2013).

Organizador: Benedito Souza Filho.

 

Resumo: Livro que reúne trabalhos que procuram refletir sobre os aspectos sociais, históricos, políticos, simbólicos e identitários relacionados com essa arena de disputa, envolvendo de um lado, setores do Estado em sucessivos governos e, de outro, esses descentes de escravos e indígenas que, a partir de suas particularidades sociais, econômicas, territoriais e identitárias, integram o grande território étnico de Alcântara. As análises procuram cobrir os variados problemas vividos pelas famílias em um período de mais de 30 anos de implantação do Centro de Lançamento de Alcântara.

 

   

Título: Sociedade, Florestas e Sustentabilidade (IEB/NAEA, 2013).

Organizadores: Marcelo Sampaio Carneiro, Manuel Amaral Neto e Edna Castro.

Resumo: Livro que reúne textos que foram apresentados durante o VI Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade (ANPPAS), realizado em Belém/PA, em setembro de 2012. O objetivo do livro é discutir a questão da sustentabilidade da exploração de recursos florestais, tendo como foco principal analisar o processo de implantação de diferentes dispositivos de governança da atividade florestal, caso da política de concessão e de processos de certificação, que vêm sendo desenvolvidos nos últimos anos, com o objetivo de promover uma utilização sustentável dos recursos florestais no Brasil.

 

   

Título: Entre dois Mundos: escravidão e a diáspora africana (EDUFMA, 2013).

Organizador: Benedito Souza Filho.

Resumo: Coletânea de artigos, que reúne trabalhos de pesquisadores vinculados a três universidades do Nordeste, mais precisamente do Maranhão, do Piauí e da Bahia. Além de contemplar trabalhos de pesquisadores de universidades públicas estaduais e federais da mesma região, a publicação apresenta outra característica comum: a afinidade temática. Ademais de entender as implicações da presença colonial na própria África, as análises dos autores procuram dar conta dos múltiplos desdobramentos da escravização de africanos e a sua transferência compulsória para diferentes lugares no Brasil.

 

     

Título: O eldorado dos gaúchos: deslocamento de agricultores do sul do país e seu estabelecimento no leste maranhense (EDUFMA, 2013).

Autor: Rafael Bezerra Gaspar

 

Resumo: Livro que é o resultado de dissertação apresentada no Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da UFMA, apresentando uma análise antropológica sobre as motivações e estratégias dos chamadosgaúchos em seu estabelecimento na região leste do Maranhão e a dedicação à cultura da soja e outros grãos.

 

CAPA-LIVRO-OMT-16.jpg      
CAPA-TRAB-ARTISTICO.jpg      
 CAPA-ARTESANATO-MA-01.jpg